HISTÓRIAS DO XINGU

Código: 9788574065656
R$ 49,90
COMPRAR Estoque: Disponível
  • R$ 49,90 PagSeguro
  • R$ 49,90 Boleto Bancário
  • R$ 49,90 American Express, Visa, Diners, Mastercard, Aura, Hipercard, Elo
  • R$ 49,90 Pix
* Este prazo de entrega está considerando a disponibilidade do produto + prazo de entrega.

Autores:
Orlando Villas Bôas, Cláudio Villas Bôas

Ilustração:
Rosinha

Brochura, 21x27cm, 56p, português, Companhia das Letrinhas, 2013

ISBN 978-85-7406-565-6

Cláudio e Orlando Villas Bôas dedicaram suas vidas aos índios brasileiros. Em 1943 abandonaram a vida na cidade para participar, como trabalhadores braçais, da Expedição Roncador-Xingu, que tinha como objetivo desbravar parte da Amazônia, então considerada desabitada. Nessa viagem conheceram grupos que nunca tinham tido contato com não índios, e desde então lutaram para demarcar suas terras, prestar assistência à saúde e preservar sua cultura. Criaram laços de amizade com mais de vinte povos e, em 1961, ajudaram a fundar o Parque Nacional do Xingu.

Cláudio e Orlando conheceram mais do que ninguém a cultura dos xinguanos, e narram aqui nove histórias assim como as ouviram. São contos que falam do imaginário desses grupos, de seus costumes, crenças e cosmologia. Uma extensa introdução da antropóloga Betty Mindlin dá mais detalhes sobre a história dos irmãos Villas Bôas e dos índios do Alto Xingu.

Produtos relacionados

R$ 49,90
COMPRAR Estoque: Disponível
Sobre a loja

O MASP Loja comercializa publicações editadas pelo museu, outras editoras, sua linha própria de produtos, e uma seleção de objetos provenientes de várias partes do país, elaborados por comunidades de artesãos, povos indígenas e designers.

Social
Pague com
  • Pix
  • PagSeguro V2
  • PagSeguro V2
Selos

Museu de Arte de São Paulo Assis Chateaubriand - CNPJ: 60.664.745/0001-87 © Todos os direitos reservados. 2022


Para continuar, informe seu e-mail

Utilizamos cookies para que você tenha a melhor experiência em nosso site. Para saber mais acesse nossa página de Política de Privacidade