KIT VOLPI POPULAR

Código: YG37D6HC2
Selecione a opção de Cor:
Ops! Esse produto encontra-se indisponível.
Deixe seu e-mail que avisaremos quando chegar.
Ops! Esse produto encontra-se indisponível.
Deixe seu e-mail que avisaremos quando chegar.
Ops! Esse produto encontra-se indisponível.
Deixe seu e-mail que avisaremos quando chegar.

Kit Volpi Popular
Este kit contém:

  • 01 catálogo da exposição Volpi Popular*;
  • 01 bolsa em brim azul, 100% algodão, com 3 bandeiras estampadas em serigrafia creme OU 01 bolsa em brim vermelho, 100% algodão, com 1 bandeira estampada em serigrafia branca (ambas com nome da exposição no verso);
  • 01 caderneta com capa e contracapa em papel Color Plus Pequim 240 g/m² e serigrafia na cor branca, miolo sem pauta em papel Pólen Soft 80 g/m², 84 folhas e tamanho de 14,8x21cm;
  • 06 cartões-postais reproduzindo obras do artista.

 

*Sobre o catálogo:

Organização:
Adriano Pedrosa e Tomás Toledo

Autores:
Adele Nelson, Antonio Brasil Jr., Aracy Amaral, Kaira M. Cabañas, Mário Pedrosa, Matheus de Andrade, Nathaniel Wolfson, Sônia Salzstein, Tomás Toledo, Walmir Ayala.

Capa-dura, 22x28cm, 248p, 211 imagens, português, MASP, 2022

ISBN 978-65-5777-018-4

Este livro abrange cinco décadas da carreira do pintor Alfredo Volpi (Lucca, Itália, 1896 – São Paulo, 1988), um artista central na história da arte brasileira e latino- americana no século 20. Conhecido por suas pinturas de bandeirinhas e fachadas geometrizadas, Volpi desenvolveu um interesse contínuo por temas, imagens e narrativas da cultura popular brasileira, algo que ele incorpora em suas obras ao longo de toda sua trajetória. Essa é a aproximação deste livro, que acompanha a mostra de mesmo título no Museu de Arte de São Paulo Assis Chateaubriand, como seu título indica: Volpi popular.

Ainda criança, Volpi migrou da Itália para São Paulo com sua família. De origem humilde, trabalhou no ramo da construção civil, especializando-se na pintura decorativa de paredes. Autodidata, começou a pintar em 1911, produzindo paisagens urbanas, rurais e do litoral paulista, além de retratos. O interesse pelo popular ganhou força em sua obra a partir da década de 1940, quando passou a realizar retratos religiosos, representações de festejos populares e suas icônicas bandeirinhas e fachadas da arquitetura vernacular e colonial brasileira. A partir desse período, suas telas são cada vez mais geometrizadas, marcadas por um uso excepcional da cor, uma pincelada sutil e a singular textura de sua têmpera. Afinal, sua pintura caminhou cada vez mais para a sintetização formal, flertando com a abstração geométrica, sem nunca perder o interesse pela cultura popular e a figuração.

Amplamente ilustrada, esta publicação inclui sete novos textos escritos por especialistas brasileiros e estadunidenses, além de duas entrevistas históricas com o artista. Trata-se de um livro essencial para quem deseja conhecer ou se aprofundar na obra de Alfredo Volpi, bem como naqueles que se interessam por cultura popular e modernismo na América Latina.

Produtos relacionados

Sobre a loja

O MASP Loja comercializa publicações editadas pelo museu, outras editoras, sua linha própria de produtos, e uma seleção de objetos provenientes de várias partes do país, elaborados por comunidades de artesãos, povos indígenas e designers.

Social
Pague com
  • Pix
  • PagSeguro V2
  • PagSeguro V2
Selos

Museu de Arte de São Paulo Assis Chateaubriand - CNPJ: 60.664.745/0001-87 © Todos os direitos reservados. 2022


Para continuar, informe seu e-mail

Utilizamos cookies para que você tenha a melhor experiência em nosso site. Para saber mais acesse nossa página de Política de Privacidade